22 C
Lisboa
11 Agosto, 2020
Computadores Segurança

Se a CIA quiser sabe mesmo onde você está

Não são só os criminosos que usam malware para obter informação!

Documentos divulgados pelo WikiLeaks revelam que a CIA, se quiser, pode saber exatamente onde está determinado computador, ou o mesmo que dizer, o seu proprietário.

Novos documentos trazidos a público pelo WikiLeaks, mostram que a CIA pode recorrer a malware para geolocalizar computadores, ou mais precisamente, as pessoas que os utilizam.
O projeto, conhecido como ELSA, data de 2013 e foi pensado especificamente para computadores que corram o sistema Windows 7. No entanto, os especialistas acreditam que a CIA pode ter criado tecnologia adaptada a cada uma das versões do sistema da Microsoft.
O malware foi desenvolvido para infetar o sistema, mais especificamente o sensor Wi-Fi, para que consiga localizar todas as redes envolventes e retirar a informação que permita identificar a localização de cada uma. Essa informação é, posteriormente, comparada com dados públicos da Google e da Microsoft e, com base na força de sinal de cada rede Wi-Fi envolvente, a CIA consegue saber precisamente onde se encontra o utilizador e o computador infetado.
O processo conta ainda com um modo de remoção do malware que esconde e apaga todos os vestígios de qualquer infeção.

Related posts

O que é o Heartbleed Bug?

Geek Ciência Tuga

Do F1 ao F12. Para que servem as teclas no topo do teclado?

Geek Ciência Tuga

O que é uma DMZ?

Geek Ciência Tuga

Deixar um comentário

Deixe um comentário

%d bloggers like this: